Comissão Europeia permite compra da Activision pela Microsoft

activision microsoft

A compra da Activision Blizzard pela Microsoft por US$ 69 bilhões foi aprovada pela Comissão Europeia nesta segunda-feira (15). O órgão regulador do bloco europeu considerou que o negócio não prejudicaria a concorrência no setor de games, desde que a Microsoft permitisse que rivais na nuvem oferecessem títulos da Activision em suas próprias plataformas por 10 anos.

A decisão da UE contraria o veto imposto pela Autoridade de Competição e Mercados (CMA) do Reino Unido, que bloqueou a compra no mês passado sob a alegação de que a união entre as duas empresas poderia resultar em preços mais altos, menor oferta e menos inovação para os consumidores de jogos em nuvem. A Microsoft e a Activision ainda enfrentam desafios legais nos Estados Unidos, onde a Comissão Federal de Comércio (FTC) também tentou impedir o acordo no ano passado.

A Microsoft é a fabricante dos consoles Xbox e mantém um serviço de assinatura na nuvem com grande diversidade de jogos, o Xbox Game Pass. A Activision Blizzard, por outro lado, é uma desenvolvedora de games, criadora de sucessos como Call of Duty, World of Warcraft e Guitar Hero. A compra da Activision pela Microsoft é o maior negócio da história da indústria de games e criaria a terceira maior empresa do setor em receita, atrás da chinesa Tencent e da japonesa Sony .

O objetivo da Microsoft com a aquisição é fortalecer sua presença no mercado de jogos em nuvem, que representa uma minoria no setor, mas tem potencial de crescimento nos próximos anos.

LEIA MAIS:

Conheça o Asus Rog Ally, PC gamer portátil – Tecnofanias

Conheça o Optimove, CRM que usa IA no marketing – Tecnofanias

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens relacionadas
WordPress Ads