Entenda as diferenças entre os principais tipos de malware que existem

yuzu

Há alguns anos, era mais comum ouvir que o computador foi infectado por vírus. Hoje em dia, entretanto, os antivírus ficaram mais robustos e os malwares também – precisando de camadas e mais camadas de avanços tecnológicos. Mas… Você conhece os principais tipos de malware que existem?

Os tipos de malware mais comuns incluem worms, cavalos de Troia, adwares, spywares e ransomwares.

Quais são os principais tipos de malwares existentes?

Vírus são programas maliciosos que se espalham através de arquivos e executáveis compartilhados, geralmente anexados em emails ou baixados de sites meio… estranhos. Eles podem causar danos ao sistema, como a perda de arquivos ou a lentidão do computador.

Worms (ou “minhocas) são programas semelhantes a vírus, mas se espalham através de redes, aproveitando vulnerabilidades de segurança para se propagar de uma máquina para outra. Eles podem causar congestão de rede e lentidão dos sistemas.

Cavalos de Troia, também conhecidos como Trojan, são programas que se disfarçam como aplicativos legítimos, mas possuem códigos maliciosos escondidos. Eles podem ser usados ​​para roubar informações pessoais ou para permitir o acesso remoto à máquina.

Adware é um programa que exibe anúncios pop-up indesejados. Ele pode ser baixado junto com outros programas e pode causar lentidão do computador e redirecionamentos para sites maliciosos.

Spyware é todo software que rastreia suas atividades online e envia informações para os criadores do malware. Ele pode roubar informações pessoais e senhas, e pode ser usado para monitorar as atividades do usuário, como movimentações bancárias.

Ransomware é um tipo de malware que bloqueia o acesso a arquivos do usuário e exige um resgate para desbloquear os arquivos. Ele pode causar grandes prejuízos econômicos e danos irreparáveis ao sistema, principalmente para grandes empresas.

Como se proteger dos malwares?

Para se proteger contra esses tipos de malware, é importante manter o sistema operacional e os programas atualizados, usar um antivírus e antimalware confiáveis, evitar clicar em links suspeitos ou baixar arquivos de fontes desconhecidas. Além disso, é recomendado ter um software anti-ransomware para se proteger de ataques de ransomwares.

LEIA MAIS:


Total
0
Shares
1 comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens relacionadas
WordPress Ads