Netflix: entenda novo compartilhamento de senhas

A Netflix anunciou esta semana que vai começar a notificar seus usuários a respeito da cobrança adicional no novo compartilhamento de senhas. A empresa anunciou sua nova regra de uso em 2022, e já implementou a novidade em alguns países no começo deste ano.

Como vai funcionar a taxa extra da Netflix?

O compartilhamento de senhas acontecerá nos planos Padrão e Premium, com a cobrança da taxa extra de R$12,90/mês. A assinatura Premium dá direito a dois assinantes extras, enquanto a assinatura Padrão permite apenas um login a mais. Esse valor entrará na fatura do dono da conta, mesmo que o assinante extra possua seu próprio login e senha na plataforma.

Procon já notificou a Netflix sobre a cobrança

O Procon-SP já anunciou que notificou a Netflix sobre a cobrança no compartilhamento de senhas. A fundação quer entender as mudanças para avaliar se a Netflix está infringindo os direitos do consumidor. O Procon tomou a decisão com base no alto número de denúncias feitas a ele pelos usuários.

Meu perfil é compartilhado. O que a Netflix vai fazer?

Ao identificar logins indevidos, a Netflix avisará ao usuário que a conta deve ser utilizada apenas pelo dono e por quem mora com ele. No entanto, não se sabe ao certo como a empresa definirá quais usuários pertencem à mesma residência ou não. O cenário mais provável é que ela utilize o endereço de IP dos aparelhos conectados.

A partir daí, a Netflix indicará ao usuário que desconecte a conta dos aparelhos indevidos, sugerindo os recursos de Transferência de perfil e Assinante extra como opções. A tendência é que a empresa bloqueie o acesso feito em aparelhos indevidos.

LEIA MAIS:

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens relacionadas
WordPress Ads